terça-feira, 4 de junho de 2013

Como começou a aventura da maratona

Esta é a história de como eu me lançei na aventura de correr uma maratona.

Para mim tudo começou com um mail no dia 5 de Março.

Um mail do João Lima. Um mail longo com uma proposta. O João teve o cuidado de fazer uma introdução para me preparar para o que aí vinha, nessa introdução estavam as seguintes palavras: “o preferível é dizer tudo e esperar que não ligues para o 112 para me virem internar.” Quando finalmente eu leio as palavras “Que tal irmos os dois à Maratona de Lisboa a 6 de Outubro?” fartei-me de rir e continuei a rir-me ao longo do mail. Era ao mesmo tempo um riso do género “este gaijo está mesmo doido” e um riso de alegria, de entusiasmo, de “vamos a isso!”. O meu mail de resposta começou da seguinte maneira: “JOÃO!!! O 112 DEVE ESTAR AGORA A CHEGAR AÍ!”. Nesse mail disse ao João que não achava a ideia totalmente descabida, no final de contas ele estava a propor-me correr toda a maratona comigo! Respondi-lhe com sinceridade, disse-lhe que me sentia muito tentada, mas que não conseguia dar logo uma resposta. Se correr 42 km mete respeito? Mete e muito! Mas não era (e é) só isso que me preocupa, é o calor que poderá estar em inicios de Outubro…são os treinos de preparação que serão feitos em pleno Verão…é o percurso do sempre em frente, monótono. Mas comecei a aperceber-me que isso só será ainda mais desafiante e eu gosto de desafios.

Eu e o João fomos trocando muitos mails, nos quais o João já falava como se eu tivesse dado a resposta final, ao que eu de imediato o repreendia dizendo que ainda não tinha dito que ia! Mas no fundo eu sabia que iria aceitar o desafio. Só se houvesse alguma coisa muito forte em contrário. Decidi que apenas por precaução iria ao médico fazer uma prova de esforço. Exame que ficou marcado para dia 1 de Abril, dia das mentiras. Disse ao João que se os exames estivessem bem, eu lançava-me de cabeça na maratona.

Uma coisa que ficou logo assente entre os dois era que não contariamos a ninguém que estávamos a pensar ir à Maratona de Lisboa, eu para estreia, o João para a sua segunda. Eu não queria dizer nada até estar inscrita. A inscrição acaba por ser aquele momento do “já não há volta a dar”. Por isso, e peço desde já desculpa a todos, tive que omitir algumas coisas e até mentir a algumas pessoas, pois houve uma ou outra pessoa que me perguntou se eu ia correr a maratona este ano ou se já estava a pensar na maratona e eu dizia “Não!…achas?”
Desculpem. A sério. Foi por uma boa causa. Eu queria estar inscrita e só aí revelar ao mundo esta loucura =) Mas eu dei algumas pequenas pistas no blogue, às vezes em artigos, outras vezes em respostas a comentários. Só que eram pistas que só o João apanhava, a não ser que alguém também já suspeitasse.

Na Corrida das Lezírias, a 10 de Março, no final o João segredou-me “fazes uma prova assim e ainda tens dúvidas?”. Eu sorri.

Na Meia-Maratona de Lisboa, a 24 de Março, tirei 26 minutos à minha 1ª meia-maratona. Foi mais um contributo para a minha decisão (que no fundo já estava tomada, mas uma pessoa quer sempre certezas, embora certezas nunca haja).

A prova seguinte seria em Constância, seriam 10 km que não me iriam correr bem, muito devido às canelas…pois…percebem a minha preocupação com as canelas…tudo o que fiz a partir do dia 5 de Março já era a pensar na maratona. Aliás não há um dia em que eu não pense na maratona.  As provas corriam-me mal, eu pensava na maratona. Os treinos corriam-me mal, eu pensava na maratona. As canelas doiam-me…eu pensava na maratona…Eu respirava, eu pensava na maratona =) Exacto, estamos constantemente a respirar…

Chegou o dia 1 de Abril, mas eu sou matreira e disse ao João que o exame era no dia 3. Ora, o João faz anos a 2 de Abril e eu queria dar-lhe uma prenda,  a confirmação de que iriamos correr a maratona de Lisboa no dia 6 de Outubro de 2013! Desde, claro, que os exames estivessem bons. O exame correu bem,  o meu coraçãozinho está bom e recomenda-se.  Saí  de lá toda sorrisos, quem me visse na rua pensaria que eu era maluquinha. Mas eu estava demasiado entusiasmada. EU IA CORRER UMA MARATONA!!!! Não sei como não dei saltinhos na rua. Tive de me conter um bocado. Apetecia-me ligar logo ao João, mas queria fazer-lhe a surpresa. No dia seguinte liguei-lhe a dar os parabéns e disse-lhe que tinha uma prenda para ele, ao que ele respondeu “tens, mas é amanhã”, ao que eu disse “não, tenho uma prenda para te dar hoje!”, ele não estava a entender e insistia que eu só teria uma prenda para lhe dar no dia seguinte, pois estava plenamente convencido que o exame era só no dia seguinte. Hihihi, enganei-o bem, mas foi por uma boa causa =) Quando ele percebeu que eu lhe estava a dizer que aceitava o desafio, que íamos correr uma maratona em Outubro, ele ficou muito contente como aliás seria de esperar.
Seguiram-se muitos conselhos, muitas trocas de ideias e eu a insistir com o João que no Verão temos de fazer treinos com calor, alguns à hora de almoço, pois no dia da maratona iremos correr em plena hora de maior calor. Para isso precisamos de habituar o corpo a correr a essas horas.  Vocês sabem como eu adoro o calor…mas eu quero estar preparada, eu quero aclimatizar-me, para isso teremos de nos preparar para as condições que vamos encontrar.
Seguiram-se também algumas provas, mas vou apenas referir aquelas que foram importantes para mim, como pessoa que já tinha metido na cabeça que iria correr uma maratona.

20 km em linha Cascais-Lisboa – Para quem não se lembra ver aqui como me correu esta prova, o quanto eu sofri com o calor…até tive de andar…pensei várias vezes na maratona…se me questionei? Um bocadinho, mas nunca pensei “vou desistir da maratona”. Fiquei em baixo com essa prova muito principalmente porque ela foi na Marginal (onde irá passar a maratona) e porque foi com calor (o que provavelmente também irá estar no dia 6 de Outubro). O João, ao ver como cheguei e depois de eu lhe contar como me tinha corrido, deu-me força e disse que há provas assim e se eu queria antes fazer o treino de 20 km no dia 5 de Maio. Passo a explicar, eu e o João tinhamos falado num treino no Jamor para domingo, 5 de Maio, outra possibilidade era um treino de 20km entre Cascais e Algés. Após estes 20km tão maus, eu disse ao João que sim, que queria fazer esse treino de 20km nesse domingo. Eu precisava de fazer esse treino! O que significava isto? 4 domingos seguidos de:
  • Prova:20 km em linha Cascais-Lisboa
  • Prova: Meia Maratona de Almada
  • Treino: 20 km entre Cascais e Algés
  •  Prova: Meia Maratona de Setúbal

E pelo meio  ainda houve a Corrida da Liberdade e a Corrida do 1º de Maio, para não falar dos treinos habituais. Foram muitos kms nessas semanas. No fundo serviu para testar a máquina. Ver se ela aguentava.

Para ninguém suspeitar do nosso plano de correr a maratona, nenhum de nós disse a ninguém que tinhamos feito esse treino de 20 km. Mas já lá vamos.

Uma semana depois dos 20 km em linha Cascais-Lisboa corriamos a Meia de Almada que correu…bem…nas nuvens… =) Era tudo o que eu estava a precisar para recuperar a confiança para a maratona, depois dos 20 km desastrosos da prova da semana anterior.

No domingo seguinte fizemos um treino de 20 km entre Cascais e Algés num domingo ideal, ou seja, com calor que era o que nós queriamos para nos prepararmos para a maratona. Neste treino vimos um acidente (nada de grave, apenas um bate-chapas), vimos muita gente nas praias da linha, tudo no relax e nós ali a corrermos entre Cascais e Algés...também nos cruzámos com o meu amigo Carlos e sua namorada que também estavam a dar uma corridinha no Passeio Marítimo de Oeiras, só que nós já vinhamos desde Cascais e ainda íamos até Algés…Loucos! A partir mais ou menos do km 18 já nos ia a custar, estava muito calor. Mas aguentámo-nos e fizemos os 20 km =)

No domingo seguinte foi a Meia de Setúbal. Nós queriamos calor precisamente a pensar na maratona. Felizmente esteve calor e felizmente aguentámo-nos. A mim custou-me um bocado o final, mas porque acelerei demais para as minhas capacidades. Mas de resto foi mais um bom teste ao calor.

A partir de agora e principalmente a partir de dia 23 de Junho, data do primeiro treino oficial de preparação para a maratona, irei dedicar-me sobretudo a treinos de resistência, correr muito, mas devagar, fazer vários treinos no percurso da maratona, fazer alguns treinos na hora de maior calor, mas claro variar um bocadinho de vez em quando, irei continuar a correr em Monsanto, mas principalmente nos treinos longos de domingo irei (na maior parte das vezes com o João) correr em longas rectas aborrecidas e monótonas.  Há que treinar a parte psicológica, não é?

Se estão a pensar que eu sou maluca, que ainda é muito cedo para correr uma maratona, bem essa foi outra das razões para eu não dizer nada. Eu não queria as pessoas a dizerem “Isa, se calhar ainda é cedo.” Agora já podem dizer, porque já estou inscrita e não tenciono voltar atrás =)

Desde 5 de Março que isto está na minha cabeça a marinar e já está mais que marinado. Não há volta a dar. Dia 6 de Outubro lá estarei. Aconteça o que acontecer eu irei dar o meu melhor.  Não vou tentar fazer tempos, como é obvio. Tenho 6 horas para chegar e não tenho problemas nenhuns em ser a última.

Quanto aos treinos durante o Verão…estou ansiosa por eles! =)

Muitas pessoas dizem que o que custa não é a maratona, são os treinos para ela. Bem…eu estou ansiosa, desejosa de começar a treinar “à séria” para a maratona. Estou desejosa de fazer treinos longos, de correr muitos kms na longa monotonia das rectas e ao calor. Ansiosa!!! =D Chamem-me louca!

Quem quiser está à vontade para se juntar a nós nalguns treinos ou em parte deles. Serão bem-vindos =)

Aceito todos os conselhos que me possam dar, principalmente vindo dos maratonistas =)

Obrigada desde já. Toda a ajuda e força serão bem-vindas.

EU VOU CORRER UMA MARATONA!!!

Venham as aventuras, venham as dificuldades, venham os obstáculos! É isso que eu quero! Ultrapassar tudo isso!


Correr a maratona deve ser algo de único e especial. Mas toda a aventura até lá chegar vai ser uma viagem inesquecível. 

21 comentários:

  1. Sem palavras, Isa!

    Não sei dar nenhum conselho sobre como correr maratonas, mas acho que não precisas. A forma como te estás a organizar para treinar, a tua plena consciência das dificuldades, o teu plano de treinos mental... Eu diria que tudo isso é metade da maratona já feita!

    Sem medos, Isa! É que vais mesmo conseguir!

    Beijinhos e bons treinos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela força Anabela :)
      Muito obrigada a sério.
      Beijinhos e boas corridas.

      Eliminar
    2. Ah! Eu vou à meia e também alinhava nuns treinos por Monsanto. Já ando para ir até lá há algum tempo, mas não conheço os percursos, precisava de "guia".

      Beijinhos!

      Eliminar
  2. Muitos parabéns pela decisão, sobretudo pela audácia. Não há que negar que é o calor o vosso principal obstáculo. Com uma habituação gradual, correrá tudo bem, pela certa. Eu embora não vá à Maratona (vou amanhã inscrever-me na meia), tenho o maior prazer em juntar-me a vocês nos treinos longos. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada :)
      Então depois havemos de combinar um treino com mais pessoal.
      Beijinhos e boas corridas.

      Eliminar
  3. Mas tu és MALUCA????

    Deixa, eu respondo por ti:
    "SIM!!!! E é tão bom, não é???"

    Beijos!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. HEHE
      Sim, é óptimo ser maluca =)
      Beijinhos Pedro

      Eliminar
  4. Ai os malandrecos, com segredinhos e o caraças...assim vão para o inferno :D

    Pelo que está neste post, tens já uma bela base para iniciares a preparação. E mais importante, tens uma motivação de guerreira....não tenho dúvidas que vais conseguir. Deixo-te uma frase que me acompanhou em muitos momentos da minha primeira Maratona, tanto na preparação como no Dia D...

    O sofrimento é temporal a GLÓRIA É ETERNA!!!

    Muita força Isa - beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois...teve der ser, eu queria estar inscrita, mas no dia em que nos inscrevemos contámos logo a toda a gente.
      Muito obrigada pela força Carlos!
      Beijinhos e rápida recuperação

      Eliminar
  5. Posso fazer companhia nos treinos longos ao calor e monótonos. Sou alentejano, estou habituado ao calor e à monotonia... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hehe =)
      Então depois combinamos uns treinos com mais pessoal.
      Beijinhos Sílvio e boas corridas

      Eliminar
  6. Agora entendo, quando andavas a fazer meias maratonas quase todas as semanas já a ideia da maratona andava por aí :)
    Isa, por este texto facilmente se percebe a tua determinação em vencer este grande desafio. Vais conseguir.
    Em relação aos treinos longos, gostaria de vos fazer companhia em alguns deles.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A ideia já estava a marinar :)
      Vou dar o meu melhor para correr a maratona no dia 6 de Outubro e com a força toda que vocês me transmitem será mais fácil :)
      Quanto aos treinos longos depois combinamos então alguns com mais pessoal. Assim um treino em grupo até se faz melhor.
      Beijinhos Vitor

      Eliminar
  7. Muitos parabéns pela decisão de correr a Maratona! Vais ver que não é o monstro de que se fala e, com algum treino, faz-se sem grandes problemas.
    Pelo que tenho lido nos teus posts, acho que o plano de treinos+provas com vista à maratona é adequado, realçando apenas que alguns treinos longos (+-30km) são fundamentais no plano, isto para habituar o corpo à aproximação do "Muro" e, mensalmente deve haver um bom acumulado de quilómetros, de 150 para cima. (esta opinião vale o que vale, para mim funcionou em dezembro, para a minha primeira e única, até agora...)
    Bons treinos,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela força e pelos conselhos :)
      No plano de treinos estão planeados uns quantos treinos entre os 20 e os 30 km e mensalmente serão mais de 150 km.
      Beijinhos e boas corridas.

      Eliminar
  8. Admiro imenso toda a tua determinação e vontade!! Sem dúvida que essas duas aliadas á tua força irão dar num excelente resultado!!! Louca?!?! Claro que não!! A isso se chama determinação, vontade e coragem!! :) Se é cedo?!?!? Ora só podes ditar isso!! :)
    Muita força nesses treinos querida.
    Beijinhos e bons treinos :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Marta :)
      E as tuas palavras ainda me dão mais força.
      Beijinhos e boas corridas.

      Eliminar
  9. Chama lá o 112!
    Eu sou do contra por isso não te julgo doida!
    Eu acho a maratona uma prova fácil!
    A dificuldade e facilidade das coisas é relativa e como tenho alguns amigos que fazem provas na casa dos 3 dígitos então a maratona é fácil!
    Pensa assim 30 km de aquecimento (quem corre a meia maratona indo mais lento e tendo algum treino faz 30 km sem problemas) + 10 km que se são verdadeiramente a prova (fazer 10 km é fácil, claro que já tens 30 nas pernas mas metes o conta quilómetros a zero e não pensas nisso!).
    Os 2 últimos km já não conta é para aguentar seja como for.
    Os 195 metros é para festejar!
    Força e podes confirmar junto do João Lima que eu sou mesmo doido!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada por fazeres parecer que é tão fácil :)
      Mas não te esqueças que é a minha primeira maratona. Mas é como dizes vou bem devagar e hei-de lá chegar!
      Obrigada pela força padrinho!
      Beijinhos

      Eliminar
  10. é o caminho certo Isa!

    A preparação requer trabalho e muita dedicação. Vais fazê-la como eu sei que sim, e então, quando chega o dia, vai ser fácil sim! Correr uma Maratona (sem ambições de grandes marcas, claro, "apenas" corrê-la e cortar a Meta) a prova em si vai ser canja!

    Um grande beijinho e fico contente por estares nesse caminho! o caminho certo!

    Continuação de bons treinos

    E além disso, esse compromisso entre ti e o João, só vos ajuda. Mutuamente.

    Eu...conto correr a 10ª Maratona do Porto, em Novembro deste ano.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela força Ana.

      E tu terás um belo regresso às maratonas.

      Beijinhos e força!

      Eliminar