domingo, 20 de março de 2016

Barcelona, a nossa sexta

Fantástica, maravilhosa, inesquecível!
A nossa sexta maratona foi aquela que mais gostámos.
Uma coisa única!

Teve um sabor ainda mais especial devido a um pequeno grande susto que tive com o meu Vitor na madrugada da viagem de ida. Mas está tudo bem, não se preocupem.

Só nos fez apreciar ainda mais esta maratona e esta vitória.

Mais do que tempos, fizemos aquilo que nunca pensei fazermos, correr do inicio ao fim sem nunca andarmos!!! À sexta foi de vez! Uma maratona toda corrida, sem nunca pararmos, sem nunca caminharmos! E até acabámos bem =) Foi o melhor prenúncio para São Mamede que podíamos ter!

Sensações maravilhosas por nós sentidas, pequenos sustos, aventuras e passeios, tudo relatado num livro "à Isa" algures um dia destes.

Para já fiquem com estas duas fotos e este filme.

"We can be heroes just for one day."

Pré-prova
Pós-prova

Durante a prova =)

video

quarta-feira, 9 de março de 2016

Corrida das Lezírias, corrida ligeira antes da maratona

No passado domingo fomos até Vila Franca de Xira fazer o último semi-longo para Barcelona.
Depois dos 30 km da semana passada, estava na hora de começar a diminuir os km's. 
E uma semana antes de corrermos 42 km e uns pozinhos nada melhor do que correr 15,5 km na zona das lezírias ribatejanas :)

Já fiz esta prova 3 vezes, esta foi a mais difícil.
Os leitores mais antigos deste blogue provavelmente lembram-se da "maldição" dos 15 km...
Basicamente quase sempre que tenho uma prova de 15 km fico doente...Eu não acredito em bruxas mas... ;)
Portanto estão a ver o filme, não estão?
Fiquei constipada 3 dias antes da Corrida das Lezírias, uma prova com 15 km. Só não vê quem não quer!!! ;)
Fiquei bastante apanhada, ao ponto de gastar resmas e resmas de lenços de papel diariamente. Chegado o dia da prova, a respiração estava algo dificultada pois tinha o nariz tapado. Não valia a pena entrar em avarias, o objectivo era terminar e recuperar rapidamente para estar a 100% no dia da Maratona.

Chegados a Vila Franca, o habitual encontro com malta amiga e onde encontrámos os restantes elementos dos 4 ao km, o Eberhard, o Luís (pai da Marta) e a Marta (desta vez em modo fotógrafa).

Os 4 ao km presentes: Luís, Vitor, Isa e Eberhard.
Foto tirada pela 4 ao km Marta =)

A corrida em si fez-se com alguma dificuldade. Inicialmente com algum receio de acelerar e ainda a gerir a respiração. Sentia-me com pena pois as pernas até estavam bem soltinhas, mas a respiração não deixava acelerar mais. Já na zona das lezírias até começámos a ultrapassar alguns atletas, mas mais à frente a coisa voltaria a custar e os últimos 6 ou 7 km já foram a desejar ver a meta.

Fui surpreendida pelo percurso deste ano, pois das outras duas vezes, íamos até um local e voltávamos para trás e desta vez a coisa era mais circular. Não gostei mais nem menos, foi diferente e bom para variar.

Acabámos os 15,5 km com 1h34m, bem distantes do melhor tempo que já aqui fiz, mas neste dia era totalmente impossível puxar mais e nem era esse o objectivo.

A chegarmos à meta, os sorrisos e os acenos enganam bem.
Eu cá vinha bastante aflita da respiração :(
Ou se calhar sorri porque vi a meta e pensei "Aleluia!"
Ou então porque tínhamos a claque composta pela Marta e pela mãe da Marta :)

Mesmo assim fiquei satisfeita por pelo menos ter conseguido correr do inicio ao fim a uma velocidade que nem foi má de todo.

Escrevo este artigo alguns dias depois, a constipação já era, ainda há aqui umas reminiscências mas o pior já passou. Já respiro bem! =)

Os treinos estão feitos, a maratona está aí à porta. 
Sexta vamos de férias. Barcelona nos espera.

VENHA SEXTA-FEIRA!!!! =)
E VENHA A SEXTA MARATONA!!!! =)

quarta-feira, 2 de março de 2016

Os 30 km que nos restabeleceram a confiança

Se o grande objectivo deste ano é obviamente os 100 km de São Mamede, até lá há um pequeno desvio pela estrada...a Maratona de Barcelona. Será a nossa sexta e mais uma vez aproveitamos para passarmos uns dias com os mesmos companheiros da viagem a Paris, o João, a Mafalda, o Orlando, a Nora e a Margarida. Significa isto que seremos 4 amarelinhos a correr pela bela cidade :)
Felizmente temos dedicado alguns treinos à estrada mas estava a faltar um importante, um de 30 km em estrada! Desde o inicio do ano que tem sido sempre a "longar" aos fins-de-semana e após os 30 por trilhos e os 24 km em estrada na semana passada, este domingo queríamos tentar ir aos 30 km.
Se o conseguíssemos daria-nos uma confiança extra.

E assim lá fomos nós no domingo de manhã até ao nosso ponto habitual de inicio de treinos, Algés. Desta vez disse ao Vitor que não me apetecia ir para o lado das praias, por isso seguimos em direcção a Lisboa. Objectivo: cumprir 15 km e só depois voltar para trás. Desta forma mesmo que não conseguíssemos fazer os 30 km sempre a correr, pelo menos teríamos que completá-los até chegar ao carro.

E lá fomos nós de mochila às costas. Sim porque todos os longos em estrada temos feito com mochila, evita paragens para beber água e ao mesmo tempo o corpo habitua-se pois em São Mamede terá mesmo que ser com a mochila. Por outro lado quando na maratona de Barcelona nos virmos a correr sem mochila até vamos sentir-nos mais leves ;)

O tempo estava bom, um tempo ameno, sem chuva e com algum sol.
Passámos na zona de Belém, Ponte 25 de Abril, docas, Cais do Sodré, Terreiro do Paço, Santa Apolónia e continuámos naquela zona meio abandonada de fábricas e contentores até praticamente ao Parque das Nações. Quando o relógio acusou os 15 km demos a volta.

Bela Lisboa,
Terreiro do Paço e Castelo de São Jorge
Ribeira das Naus com Ponte 25 de Abril ao fundo.

O meu homem todo sorridente e já leva 25 km nas pernas.

Oh pra ela também fresca que nem uma alface com mais de 25 km já feitos =P

Pode-se dizer que aos 20 e poucos vínhamos cansadinhos e já tínhamos falado em a partir dos 25 km começarmos a alternar caminhada com corrida. Mas depois chegámos aos 25 km e eu estava a sentir-me bem, virei-me para o Vitor e perguntei-lhe se aguentava até aos 30 km sempre a correr, disse que sim. Não sei bem como mas aqueles últimos 5 km até foram relativamente fáceis, vínhamos animados e entusiasmados por estarmos prestes a fazer 30 km sempre a correr. Muito bom pronuncio para a maratona! Melhor! Os últimos 2 km foram os mais rápidos de todo o treino!!! Estávamos mesmo cheios da pica :)

Quando terminámos a sensação foi fantástica! Não só estávamos mesmo naquele estado pós-corrida com a adrenalina em alta, como ficámos muito mais confiantes para a maratona.
É que quando terminámos nem sequer estávamos esgotados, ainda dava para mais =)

VENHA A MARATONA!!!!

Fiquei mesmo entusiasmada com este treino! Claro que nunca sabemos o que nos reserva o dia. Em Paris desde o inicio que senti não estar nos meus dias. Desta vez quero acreditar que há aqui uma hipótese...Veremos se as coisas correm como sonhamos ;)

E aí estão eles todos satisfeitos após terem corrido 30 km :)