domingo, 23 de julho de 2017

Corrida das Fogueiras, sai um recorde aos 15

24.06.2017

Recém-regressados dumas férias no paraíso (leia-se Açores), no sábado 24 de Junho, fomos até Peniche para uma das provas mais animadas do nosso país, a Corrida das Fogueiras.
Seriam 15 km e quiçá um novo recorde.

Tempo para reencontrar amigos e dar algumas gargalhadas :)

A equipa presente:
nós, João Lima e Eberhard. (falta o Aurélio)
Com o amigo Carlos Cardoso, o famoso Papakilometros
E aqui com o João, o Carlos e o Vitor.
Duas grandes equipas: 4 ao km e CAL =)
E aqui já com o Aurélio (mas a faltar o Eberhard...
nunca conseguimos ter todos os elementos numa foto,
há sempre alguém que desaparece)
Após um óptimo convívio, fizemos um bom aquecimento, apesar de não me sentir a 100% queria tentar o meu melhor e quiçá um novo recorde pessoal.
A partida foi dada já escurecia, o Vitor começou logo a acelerar e eu até consegui acompanhá-lo. Passados os km's iniciais sentiamo-nos bem, ia dar para acelerar. Bora lá tentar recorde! ;)
O percurso foi o habitual, cheio de gente a apoiar os atletas e com as fogueiras bem vigiadas por escuteiros e bombeiros. Os primeiros km's foram dentro de Peniche e planos, depois começámos ligeiramente a subir e entrámos na zona sem iluminação, apenas com a ocasional fogueira a iluminar. Como ainda não era noite cerrada consegui avistar as Berlengas ao longe, foi bem bonito.
Continuávamos a subir mas nada de extraordinário, neste momento já nos sentimos melhor a subir. 

Foi quando chegámos ao topo e depois era quase sempre a descer, rolámos bem e demos o máximo naquelas descidas. A determinada altura já era certo um novo recorde aos 15 km :) Mas eu ainda tinha esperança num tempo sub 1h20m ;) E dei o máximo no último km para o conseguir, oh se dei!

Será que consegui? 

A chegada à meta.

O tempo que aparece na foto é o oficial e não o de chip...Quando nós partimos o cronómetro já estava a rolar à algum tempo...

O meu novo recorde aos 15 km é....

1h19m57s!!!!

CONSEGUI! =)

Novo recorde pessoal e sub 1h20m.
O anterior recorde tinha sido conseguido em Abril na Corrida dos Sinos e era 1h21s38s. Tirei quase 2 minutos!

Claro que fiquei super satisfeita e ainda mais fiquei quando soube que o amigo João tinha batido também o dele, está em grande forma!

O Vitor já que não bate os dele, visto que são demasiado bons para ser assim tão fácil batê-los, vai-me ajudando a mim a bater os meus :) Obrigada meu Vitor!

E obrigada ao povo de Peniche que mais uma vez soube animar de forma fantástica esta corrida e esta festa.

3 atletas muito satisfeitos

domingo, 2 de julho de 2017

Corrida do Mirante, com direito a esbardalhanço e a..pódio!

11.06.2017

Após o Trail de Sesimbra fiquei super constipada e no domingo seguinte tínhamos mais uma prova de trilhos, a Corrida do Mirante. Estavam previstos 20 e poucos km's mas durante a prova ficámos a saber que tinham reduzido para 18 km, segundo o que ouvimos dizer devido ao calor.


Estávamos bastante curiosos quanto a esta prova pois já nos tinham dito que ainda era durinha e que tinha uma subida particularmente difícil. Estando eu constipada não tínhamos grandes aspirações, queríamos apenas fazer mais um bom treino de trilhos.

A partida foi dada na Ota, seguindo depois por trilhos variados pela Serra da Ota. Estava a ser bem interessante e eu, apesar de respirar apenas pela boca, até me estava a sentir bem e com força nas subidas. Foi neste dia que ficámos com a certeza que os treinos estão mesmo a fazer efeito :)


Ao fundo a Serra de Montejunto coberta por nuvens.
Lindo!


A prova estava a ser bastante variada, com algumas zonas corríveis mas também com algum sobe e desce.

A atravessar uma pedreira e o calor a fazer sentir-se.

A certa altura chegámos a uma subida cronometrada. Tenho pena que depois os resultados dessa subida não tenham sido publicados, pois até nos saímos bem e inclusive passámos algumas pessoas durante a subida. Não se pode dizer que fosse uma subida particularmente difícil, ainda era algo longa mas faseada. Nada de extraordinário, a pior ainda estava para vir:

F...-se!!!
exclamámos ambos quando avistámos esta coisa.
Por um lado ainda bem que aquela coisa nos estava a aparecer à frente, pois tinha algumas semelhanças com as da Rocha da Pena. E não pensem que a subida é "só" aquilo que estão a ver na foto...ahahah...queriam!!! Não!!!! Era mesmo a descer, a descer, a descer e depois, uma vez la em baixo, era sempre a subir, a subir, a subir.

A começar a descer para depois enfrentar a subida.

Atentem nas duas fotos que se seguem.
Primeiro ela disfarça, vai a meio da subida e sorri como se aquilo fossem peanuts...depois ela é apanhada na realidade, a subir curvada e de cabeça baixa. Eheheh =P

Claro Isa...está-se bem aí, não é?...
Pois...bem me parecia...
Mesmo assim até nos safámos bem e a partir daqui a coisa era sempre a descer e a rolar. 
Alguém da organização confirmou-nos que a prova tinha sido encurtada e que teria 18 km, faltava pouco mais de 1 km para acabarmos. Toca a acelerar. Bora lá! Vou-me a sentir mesmo bem....pum catrapum...esbardalhei-me! Numa zona plana....nem sei como fiz aquilo, mas claramente ia demasiado entusiasmada (mal sabia eu que até tinha razões para me entusiasmar...) e devo ter tropeçado nalgum tronco ou raíz. Caí meio de lado, esfolei o joelho direito e o ombro. Estava um pouco dorida mas estava bem. Apressei-me a tranquilizar o Vítor e os dois atletas que me viram cair, eu estava bem, foi mais o susto.

Siga a correr, mas agora com mais cuidado.

Cortámos a meta dos 18 km e pouco com 2h42m.

Fomos tomar banho, fomos almoçar a feijoada que todos os atletas tinham direito (mhan mhan mhan) e sentámo-nos lá a almoçar enquanto chamavam os atletas ao pódio. Chamaram dos vários escalões e nós ali descontraídos a comer sem prestar grande atenção aquilo....Pois que quando chegamos a casa e vamos ver as classificações vejo que fui 3ª no escalão. Como acho aquilo estranho chamo o Vitor e peço-lhe para confirmar comigo. Parece que sim, que fui 3ª no escalão...Como ainda não estou convencida envio sms ao João e peço-lhe que confirme, pois não faz sentido...eu nunca vou a pódios....alguma coisa deve estar errada...do outro lado um João Lima muito entusiasmado...pois que fui mesmo 3ª no meu escalão! 
Eu? Constipada? Esbardalhando-me ao comprido na recta final da prova? Eu?

Pois que sim amigos. Fui 3ª no escalão :)
Não tive esse grande momento de subir ao pódio (e nós lá ao lado!!!!) mas tive direito a uma medalha que me foi posteriormente entregue na Corrida das Fogueiras.


Na Corrida das Fogueiras (2 semanas depois)
com a minha linda medalha :)