quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Emoção, Alegria, Alívio

Dia 21 de Novembro de 2012 - UM DOS DIAS MAIS IMPORTANTES DA MINHA VIDA

Dizem-me "Parabéns, já é Mestre em Engenharia Alimentar."

Após 5 anos parece que sou finalmente engenheira alimentar.
E após quase 1 ano de tese, finalmente esta está apresentada.

O dia de ontem foi muito emotivo.
O dia em que finalmente apresentei a dissertação de mestrado.
Eu não disse nada aqui no blog porque não queria grande alarido à volta disto. Só me iria deixar mais nervosa.

Como podem imaginar terça-feira passei o dia todo a preparar a apresentação, a ler e reler a tese, a rever o que iria dizer, a preparar-me para eventuais perguntas e respostas. E quando digo o dia todo é mesmo o dia todo. Nem saí de casa. Não corri. Mas foi por uma boa causa e valeu bem a pena.
Quarta-feira acordei um bocado nervosa. O grande dia tinha chegado, acontecesse o que acontecesse daí a umas horas já estaria tudo acabado.
Apesar de não querer muita gente na minha apresentação, também não queria uma sala só com o jurí, por isso convidei alguns amigos. 4 amigos meus estiveram presentes na apresentação, o que foi reconfortante e um grande apoio.
Cheguei quase 1h antes das 15h, a hora para que estava marcada a defesa da minha tese.
A presidente do jurí, e que foi minha professora nalgumas cadeiras, passou em frente da sala e vendo que eu já lá estava dentro foi cumprimentar-me e dar-me 2 beijinhos, dizendo-me que daí a pouco eu já seria Mestre.
Ora estes pequenos gestos, parecendo que não, são de uma grande importância. A simpatia e palavras da professora deixaram-me um pouco mais calma.
Passado um pouco chegou o meu orientador que também me transmitiu mais confiança.
Não poderia ter pedido melhor orientador para o meu trabalho. Os conhecimentos por ele transmitidos, a simpatia e disponibilidade constante. 6* o meu orientador. E a minha co-orientadora também foi sempre 6*. Tive muita sorte.

Pouco depois das 15h comecei a apresentar a tese. Estava um pouco nervosa e à medida que falava achava que isso se estava a notar e que até estava a falar depressa demais. Apesar disso consegui dizer tudo o que queria e explicar as coisas de forma a que todos percebessem.
Pois parece que afinal o meu nervosismo mal se notou. A professora/arguendo que iria fazer os comentários ao trabalho começou por me dizer que tinha gostado bastante da apresentação, que eu tinha sido bastante clara e que tinha conseguido resumir bem as coisas. 
Depois fez alguns elogios ao trabalho escrito e depois veio a parte mais difícil ..os comentários às coisas menos boas no trabalho.
Mas, pasmem-se todos, não foram críticas muito más. A grande maioria foram pequenas correcções que ela me sugeriu, mas nada de grave.
Depois voltaram as críticas boas, que o trabalho tinha conclusões muito interessantes, que era inovador, e o meu orientador depois falou no fim e aqui quase que me vinham as lágrimas aos olhos de tanta emoção (consegui controlar-me sabe-se lá como). Que tinha gostado muito de trabalhar comigo, que eu tenho qualidades que ele admira muito e qualidades que gosta que as pessoas que trabalham com ele tenham, que mostrei autonomia, responsabilidade e sei lá mais o quê. Eu sorria timidamente e segurava as lágrimas. Só consegui dizer "obrigada".
Depois mandaram-me aguardar fora da sala juntamente com os meus amigos enquanto o jurí deliberava a nota.
Perguntei aos meus amigos o que tinham achado. Disseram-me que não se tinha notado que eu estava nervosa  (sabe-se lá como..), que as correcções propostas e os comentários feitos eram a pequenos erros e que eu até me tinha desenrascado na defesa da tese.
Nem 5 minutos depois já me estavam a chamar para me dizerem que JÁ SOU MESTRE!!!!! E que tive 18 valores no trabalho! 18???? Moi??? É A LOUCURA! Os meus amigos (poucos mas bons!) fizeram a festa toda e começaram a bater palmas. Eu só dizia obrigada, obrigada e estava super aliviada e super emocionada.
Foi muito bom!!!!!!!!!! 

Depois fui lanchar para festejar (um galão, um mil-folhas e depois ainda foi uma queijada de Sintra...).
Depois fui jantar para festejar (bolo do caco, bife de atum, mas já não coube sobremesa).Um pequeno aparte, se nunca comeram bolo do caco, vão à Madeira comer, cá não é igual.
Depois fui dançar a noite toda para festejar, às 5 da manhã estava a comer um pão com chouriço e só cheguei a casa perto das 6 da manhã. 
Um dia não são dias e este dia foi MESMO especial e tinha de ser festejado.

Com um dia e noite tão preenchidos não consegui ir correr, mas vou hoje.




33 comentários:

  1. Parabens!!E novamente Parabens! .. E bons caminho na vida profissional e de atleta de pelotao!

    ResponderEliminar
  2. Muitos parabéns.
    Boa sorte para o futuro desempenho de funções relacionadas com o novo estatuto adquirido.

    ResponderEliminar
  3. Muitos parabéns amiga desportiva.
    Desejo-te os maiores sucessos pessoais e profissionais e que sejas muito feliz!!!
    Samuel

    ResponderEliminar
  4. Muito emocionante este belo artigo que nos transporta para esses momentos tão marcantes como aquele que tiveste a felicidade de viver.

    Muitos e muitos parabéns por tão merecido dia que vai ficar em grande realce no teu baú de memórias inesquecíveis.

    E agora, a melhor sorte para seguires aquilo que ontem foi apenas o impulsionar.

    Um grande beijinho e o desejo de tudo do melhor, como tão bem mereces!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada João.
      Foi mesmo um momento marcante e inesquecível.
      Beijinhos

      Eliminar
  5. O que dizer??? Olha, PARABÉNS!!!
    É uma sensação única quando atingimos o objectivo que nos propusemos, com muito trabalho e horas "perdidas", focados só nesse objectivo.
    Uma vez mais, PARABÉNS!!!
    E boas corridas, claro. :)

    Beijos.

    ResponderEliminar
  6. Agora fez-se luz... afinal o que tu és é Mestre de Culinária. lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Pedro.
      Foram mesmo muitas horas, dias, semanas, meses de trabalho na tese. E ver o esforço recompensado é mesmo muito bom.

      Hehe, essa está boa =D

      Beijinhos

      Eliminar
  7. Muitos parabéns Mestre Isa. Mais uma vez viste todo o teu esforço recompensado e com um magnífico 18.

    Beijinhos e boas corridas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Tiago :)
      Foi realmente uma sensação óptima ver o todo o trabalho e esforço recompensado.
      Beijinhos e boas corridas

      Eliminar
  8. Olá! Mais uma vez: PARABÉNS! (Agora "publicamente" ihih)
    Às vezes sentimo-nos uma pilha de nervos mas isso nem transparece. O que interessa é que está feito! :)

    Muitos beijinhos e felicidades!

    PS: Tens UM sítio onde podes comprar bolo do caco QUASE tão bom como estando na Madeira - supermercado Sá, no Campo Pequeno (mas é congelado, não há milagres ;p)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada =)
      É isso mesmo, o que interessa é que já passou, já está feito.

      Mas o quase não chega. Aqueles que comi na Madeira é que eram ;) E tenho ideia que o supermercado Sá tinha fechado. Um dia destes a ver se vou lá cuscar ao Campo Pequeno.

      Beijinhos

      Eliminar
    2. Olha, é possível que tenha fechado, que não vou lá há algum tempo. Parece que tens de voltar à Madeira então! ;)
      Mas entretanto tens de pagar um café e depois vamos correr, para celebrar o Mestrado! :D **

      Eliminar
    3. Pois parece que sim.
      Combinado :)

      Eliminar
  9. Parabéns Isa e agora venha lá o mestrado em Maratona que nesse eu posso dar-te umas orientações!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Jorge =)
      Sim, o único mestrado que agora quero tirar é em Maratona ;)
      Para já ainda não, mas quando chegar a altura irei bombardear-te com imensas perguntas e pedir-te conselhos.
      Beijinhos e boas corridas

      Eliminar
    2. Olha que o Mestre Jorge dá óptimos conselhos "maratoniais"! Tenho aprendido imenso!

      Eliminar
    3. Acredito João.
      E depois posso também pedir-te conselhos a ti =)
      Aliás já me tens dado conselhos bastante valiosos.
      Acredita que eu tomo em consideração tudo o que me dizem. Depois é uma questão de adaptar esses conselhos a nós próprios.

      Eliminar
  10. Olá Isa!
    Mais uma vez e publicamente: Muitos Parabéns Mestre!
    É uma sensação única.
    Agora curte este momento e depois arregaça as mangas e toca de enviar CV's :)
    Estou como a Rute: temos de combinar um cafézinho para comemorar.
    Beijinhos e boas corridas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada =)
      Já comecei a "arregaçar as mangas". E vou continuar a arregaçar até ficar só em alças,lol.
      Beijinhos e boas corridas

      Eliminar
  11. Muitos parabéns Isa. Gostei do post, as emoções sentidas ontem "transparecem" pela forma como escreves.
    Agora é dar "corda às sapatilhas*" e fazer "render" esse mestrado, que foi para isso que te esforças-te.
    Ahhhh, e no meio disso tudo é favor não esquecer de continuar a correr.
    Beijinhos e mais uma vez parabéns!

    P.S. 1 - A do "Mester de Culinária" foi muito boa....
    P.S. 2 - adoro bolo do Caco....já não vou à Madeira há uns bons 5 anos.....hmmm....um dia vou lá fazer a MIUT....isso é que era.

    * sapatilhas=ténis - é que eu sou do norte, carago :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada.
      Continuar a correr SEMPRE!
      Eu consigo perceber a linguagem do norte, carago! =P
      Beijinhos e boas corridas

      Eliminar
  12. Parabéns Sra Dra Isa.
    Deve ter sido cá um stress.
    A corrida deve ter ajudado um pouco a suportar esse stress.
    E agora que corra tudo bem na vida profissional.

    Muitos beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Vitor!
      Houve momentos bem stressantes, sim, mas agora já passou.
      E tens muita razão, a corrida ajudou e muito, pois comecei a correr regularmente a partir de Fevereiro, nem 1 mês depois de ter começado o estágio no laboratório onde desenvolvi a minha tese. E muitos dias (tantos!) eu estava apenas desejosa que chegasse a hora de ir correr.
      Beijinhos e boas corridas

      Eliminar
  13. A Mafalda às vezes ia a esse supermercado e confirma que fechou.
    Mais (uma) boa razão para ires à Madeira! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois eu bem que tinha essa ideia, porque eu tenho uma amiga madeirense e até acho que foi ela que me disse.
      Bem que eu queria voltar à Madeira.
      Fui lá quando ainda era novinha com o meu pai e lembro-me que gostei muito, mais recentemente voltei lá com amigos (graças à tal amiga madeirense tínhamos estadia) e adorei, mas adorei mesmo tudo. Fazer caminhadas nas levadas, ir ao Pico do Areeiro, às piscinas naturais. A paisagem é simplesmente fabulosa. E aquela comida...Eu adoro atum...e depois descobri o bolo do caco e não queria outra coisa.Aiai

      Eliminar
  14. Muitos parabéns Isa! =D
    Agora desejo-te a maior das sortes, para conseguires entrares nessa selva que é o mercado de trabalho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada.
      É como dizes, também é preciso muita sorte para se conseguir entrar "nessa selva que é o mercado de trabalho".
      Beijinhos e bons treinos

      Eliminar
  15. Muitos parabéns Isa, mais uma meta atingida, espero que tudo corra bem com a " Mestre ".

    Beijocas e bons treinos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada.
      Beijos, uma boa semana e bons treinos.

      Eliminar