sábado, 26 de dezembro de 2015

Meia-Maratona dos Descobrimentos e GP do Natal, duas boas provas de estrada

Meia-Maratona dos Descobrimentos, 6/12

Temos andado um pouco ausentes do mundo blogueiro mas continuamos a correr.
Há falta de tempo para escrever mas para correr arranja-se sempre um tempinho :)

Em primeiro lugar, esperamos que tenham todos tido um Feliz Natal junto daqueles que mais amam.
Agora toca a correr para abater essas calorias todas ;)

Visto que desde a última vez que escrevi já participámos em duas corridas, e porque daqui a uns dias já vamos participar em outras duas, desta vez vou ter que despachar duas provas num só artigo, antes que fique com isto ainda mais em atraso.

Na semana a seguir a Barrancos voltámos à estrada, à excelente Meia dos Descobrimentos! Prova onde permanece o meu recorde pessoal, já lá vão 2 anos!!! E ainda não foi desta que o bati. Mesmo assim fizemos uma excelente prova e um dos meus melhores tempos a uma meia e o melhor do ano.
E somos totalistas desta prova, já lá vão 3 edições :)

Infelizmente, tal como possivelmente já leram (há quase 1 mês atrás...) no blogue do João Lima, ele não pôde participar mas fez questão de ir apoiar toda a equipa.
Neste dia éramos 4 atletas na meia e um nos 10 km. 
O João Cravo foi aos 10 km e fez algo de fenomenal!!! Baixou dos 50 minutos!!! Ganda maluco! :) 

Nós e o Orlando. Falta o Eberhard e o Cravo.
Foto tirada pelo João Lima,
sempre a apoiar os amigos e companheiros de equipa.
O casalito sempre bem-disposto.

Eu teria gostado muito de ter batido o meu recorde pessoal à meia, mas sabia que não seria fácil até porque na semana anterior tínhamos percorrido 30 e tal km por trilhos e estado em prova cerca de 7h, por isso o objectivo era apenas dar o máximo e tentar fazer um bom tempo, na casa das 2h e pouco.
Começámos bem e percebemos que a prova iria correr relativamente bem, estávamos a sentir-nos bem.
Por volta do km 5 encostámos à amiga Sandra e ao amigo Catita, iam a um bom ritmo e decidimos seguir atrás deles enquanto aguentássemos. Foram umas excelente lebres :)


Lá vai a gente e junto à grade a amiga Sandra e o amigo Catita, as nossas lebres :)

Aguentámos vários km's atrás deles, fizemos o retorno e continuávamos estáveis atrás deles, até que ao km 15 ou 16 eles começaram a acelerar um pouco mas nós não tínhamos aquela força extra e deixámo-nos ficar para trás, seguindo ao nosso ritmo. 
Entretanto assistimos a uma cena à filme. Junto a um bar, várias carrinhas da polícia de intervenção e algumas pessoas a serem revistadas, e outras a serem algemadas contra a parede! Ca cena!
Quando passámos para lá estava a malta toda animada no bar e à porta do bar, no regresso foi isto.
Continuámos na nossa corrida, eu já em esforço mas determinada a tentar fazer à volta de 2h03m.



Objectivo cumprido. Tempo de chip 2h03m23s =)
Em 17 meias-maratonas foi, se não estou em erro, o meu quarto melhor tempo. 

Claramente satisfeitos após uma manhã muito bem passada.

Grande Prémio Natal, 13/12

Na semana seguinte ficámos novamente por Lisboa, desta vez para uma corrida de 10 km, o GP de Natal.
O objectivo para esta prova era dar o máximo e tentar novo recorde pessoal, após o inesperado na Luzia Dias há pouco mais de 1 mês.
O inicio fez-nos perder alguns segundos preciosos, com demasiados atletas e com uma zona mais estreita estivemos praticamente parados durante alguns segundos. Durante a prova o Vitor foi sempre a puxar por mim e por vezes tínhamos que ir aos esses para ultrapassar outros atletas. 
A prova começa em Entrecampos, segue até ao Saldanha onde voltamos para trás, passando novamente em Entrecampos, seguindo até ao fundo do Campo Grande e depois novamente tudo para trás até ao Saldanha. Esta zona é plana, tirando os vários túneis que temos que descer e subir e que nos fazem perder algum gás nas subidas. O que vale é que ao chegar pela segunda vez ao Saldanha, é sempre a descer até ao Marquês de Pombal e depois sempre a descer até aos Restauradores onde estava instalada a meta.
Na Avenida Fontes Pereira de Melo foi tentar recuperar algum do tempo perdido inicialmente e acelerar por ali abaixo pois ainda havia alguma esperança.

Eu a olhar para o relógio a controlar a coisa.
Percebe-se pela nossa passada larga que íamos a acelerar :)

A umas centenas de metros damos um ultimo esticão mas já não dava para recorde.
Tempo de chip: 53m24s, a meros 15 segundos do meu recorde da Corrida Luzia Dias.
Foi o meu segundo melhor tempo de sempre, por isso apesar de alguma frustração por ficar tão perto, também ficámos satisfeitos pois foi um excelente tempo.



Foram duas boas provas de estrada, adorámos poder acelerar um pouco. Apesar de nos dividirmos entre trilhos e estrada, é bom saber que até estamos a correr rápido (para os meus padrões).

Até ao final do ano, temos ainda a S.Silvestre dos Olivais e a S.Silvestre da Amadora.
Tentarei também escrever um artigo com o balanço das corridas de 2015 e com os objectivos para 2016, mas vamos lá ver quando teremos tempo para escrever tanta coisa.

Se não voltarmos a escrever até ao final do ano, 

UM FELIZ 2016 PARA TODOS!
CORRAM MUITO =)

12 comentários:

  1. Acho que te estás a deixar influênciar aí pelo marmanjão, no que diz respeito à escrita :P Parabéns por mais duas para o currículo.
    Aproveito para vos desejar um excelente 2016, cheio de saúde e de boas corridas - e que nos possamos cruzar em algumas ;)
    Abreijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Temos pouco tempo disponível, a realidade também é essa.
      Um excelente 2016 também para ti e toda a tua família!
      Beijinhos e abraços

      Eliminar
  2. Fizeram duas excelentes provas e estou convencido que sem terem perdido aqueles segundos nas primeiras centenas de metros no Natal, a coisa teria dado marginalmente.
    Posso dizer desde já que o próximo GP Natal vai voltar ao esquema que tinha nos primórdios, ou seja, partir da Pontinha e a partir do Campo Grande é tudo igual. Será semelhante à 25 de Abril mas vindo pela 2ª Circular até ao Campo Grande.

    Força para as S.Silvestres! (quem sabe se na Amadora...)

    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada amigo.
      Vamos ver se na Amadora a coisa dá...agora adoentada...não sei se estarei na melhor forma :(
      Beijinhos

      Eliminar
  3. Acho que nós vamos encontrar nos Olivais!

    ResponderEliminar
  4. Isa, estivemos muito bem nestas duas provas!
    Por pouco não se batiam recordes, o que quer dizer que não estamos nada mal, apesar de não treinarmos como gostaríamos.
    Nos Descobrimentos, aquilo foi mesmo à filme de Hollywood, aquela malta devia era correr:)
    No GP Natal, aquele sprint por ali abaixo merecia um recorde:)
    Fica para uma próxima, quem sabe numa das São Silvestres;)

    Beijos gigantes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, até nos safámos bastante bem :)
      A ver se melhoro rapidamente para na Amadora ir novamente um recorde abaixo. Vamos torcer.
      Beijos gigantes meu Vitor

      Eliminar
  5. Tem sido um ano em cheio! :)
    Boas São Silvestres e venha um melhor 2016!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi um ano com muitas coisas boas felizmente :)
      Um excelente 2016 para ti Rute!
      Beijinhos grandes

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Obrigada :)
      Bom ano e boas corridas para vocês!

      Eliminar